Notícias

Notícias

Intercâmbio: Ramacrisna leva ex-aluno para estudar na Inglaterra

Ele foi escolhido, para representar o Instituto, em uma formação cultural na Faculdade de Artes e Design Liverpool Hope University.

 

O ex-aluno do Ramacrisna, Francisco Araújo Alves, 19 anos, está em Liverpool, na Inglaterra, aprendendo sobre teatro, drama e performance na Faculdade de Artes e Design Liverpool Hope University. Ele foi escolhido, para representar o Instituto Ramacrisna nesta formação, que tem duração de um mês, e depois irá passar toda experiência adquirida na Universidade para o Instituto e seus alunos.

Para possibilitar este intercâmbio, o Ramacrisna teve o apoio do Rotary Club BH Liberdade, que arrecadou milhas de seus membros para a compra das passagens. Já a hospedagem ficou por conta dos professores e alunos da Liverpool Hope University, parceira do Instituto Ramacrisna, que estão recendo Francisco em sua casa.

“Tudo começou enquanto eu estava fazendo meu curso de Robótica Industrial no Ramacrisna, onde participei de um curso de inglês online, com uma plataforma diferenciada chamada CAT’S  de Cambridge.  Eu resolvi fazer e me dei muito bem nesse curso, pois eu já tinha certa habilidade com o inglês. Assim, o curso me ajudou a aprimorar ainda mais o meu vocabulário, me colocando em situações diárias e também me familiarizando com o inglês britânico. Tempo depois, eu me formei no curso do Ramacrisna e continuei meus estudos. Depois de alguns meses me ligaram perguntando se eu aceitaria trabalhar temporariamente como intérprete na instituição, pois eles estavam prestes a receber professores e alunos da Universidade de Liverpool’’, conta Francisco que aceitou o cargo. ‘’Em uma visita a Ouro Preto, surgiu a ideia de abrir um teatro para drama e performance no Instituto com foco no artista Augusto Boal e também uma doação de um acervo de livros e materiais educativos da universidade Hope Liverpool, através do projeto  Global Hope. E por eu estar presente em todas as atividades e ter um inglês fluente fui convidado pelos professores ingleses e pelo Ramacrisna para ir para Liverpool, aprender sobre teatro, drama, performance  e cultura inglesa“, conta Francisco.

Para Solange Bottaro, vice-presidente do Ramacrisna, proporcionar uma experiência dessa para um ex-aluno é muito gratificante, além disso, ele irá compartilhar o que aprendeu com outros. ‘’É mais do que um intercâmbio, pois é a possibilidade de realizar sonhos, mostrar para os nossos jovens que o estudo, a profissionalização podem nos levar muito longe. Além disso, da mesma forma que recebemos os alunos e professores de Liverpoll, agora trocamos, e eles recebem nosso aluno’’.


Receba nossas notícias