Notícias

Notícias

Ações sustentáveis do Instituto Ramacrisna

Uma pesquisa realizada pela Union + Webster e divulgada pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), apontou que 87% da população brasileira prefere comprar produtos e serviços de empresas sustentáveis. Se mesmo nas relações comerciais a sustentabilidade é um critério importante, no Terceiro Setor ela tem um papel ainda mais fundamental. A preocupação com o meio ambiente está diretamente ligada ao propósito das instituições criadas para promover o bem comunitário e a transformação social. Por isso, o Instituto Ramacrisna vem promovendo, ao longo dos anos, uma série de ações ecologicamente sustentáveis. Neste artigo você vai conhecer algumas.

Sustentabilidade Energética

Uma das ações mais recentes do Ramacrisna focada na preservação ambiental foi a instalação de uma usina de energia fotovoltaica de 60 KWp. A usina gerou uma redução de 80% no valor da conta de luz, que representa uma economia anual de, aproximadamente, R$ 60 mil. Esse valor é equivalente ao custo de 6.600 refeições para os alunos da instituição.

Para a construção dessa usina foi necessário um investimento de US$ 25 mil, uma parceria com o Rotary Club de Belo Horizonte Liberdade, viabilizado por meio de um subsídio do Rotary Internacional.

Além da economia, o projeto da usina fotovoltaica proporcionou a criação de um novo módulo no curso de eletricista instalador, destinado a instalação e manutenção dos painéis fotovoltaicos. A abertura de novas turmas no curso vai gerar boas oportunidades, em um mercado que não para de crescer, para jovens entre 16 e 30 anos.

Ainda visando a eficiência energética, o Ramacrisna fez uma parceria com a Cemig, promovendo a troca de motores, lâmpadas e fios por equipamentos mais eficientes. Atualmente, toda a iluminação do complexo é feita por lâmpadas de LED, que proporcionam uma economia de energia de até 80%.

O instituto conta também com um sistema de aquecimento solar de água, que auxilia na higienização dos alimentos e de todo o material utilizado na cozinha, além do aquecimento do buffet e dos chuveiros, mantendo a qualidade e gerando economia.

Reaproveitamento de material

Desde 2014, é feito um trabalho no instituto com o reaproveitamento de lixo orgânico. Estes resíduos são destinados a uma compostagem para, posteriormente, serem utilizados como adubo orgânico nos jardins da instituição.

Outra ação sustentável do instituto Ramacrisna se dá com o reaproveitamento de todo o óleo utilizado na Fábrica de Telas e na Escola de Mecânica de Automóveis, que é destinado a uma empresa que faz o tratamento e beneficiamento do produto.

Conscientização no futuro

No Instituto Ramacrisna, acreditamos que a conscientização é o melhor caminho para um futuro melhor. E vemos nas crianças e jovens a oportunidade para a multiplicação de práticas ambientais.

Assim o ensino sustentável é aplicado no Centro de apoio Educacional Ramacrisna (CAER), por meio de oficinas que usam materiais reaproveitados, como embalagens de papel e plástico, retalhos de tecidos, jornal, revistas e aparas de madeira.

Antes da pandemia, o CAER atendia estudantes de cinco escolas públicas de Betim.

A estrutura do Centro Cultural do Ramacrisna, inclusive, possui um teto feito com material mineral e a forração das paredes é de papel de jornal reutilizado, que proporciona uma acústica muito boa para o espaço.

Sustentabilidade e aproximação

Investir em sustentabilidade é investir no desenvolvimento e na sua marca. O estudo divulgado pela Fiep apontou também que 70% dos entrevistados não se importam em pagar um pouco mais por produtos feitos de maneira sustentável.

Aposte nessa ideia e veja como ações sustentáveis podem atrair olhares e interesses para sua empresa.

Quer ser parceiro de uma instituição que se preocupa tanto com  a comunidade quanto com o meio ambiente? Entre em contato com a gente.

compartilhar:

Receba nossas notícias