Notícias

Notícias

Como fazer uma live?

No período de pandemia, muitos eventos presenciais foram substituídos por transmissões on-line. Segundo a revista Exame, as buscas por conteúdo ao vivo no YouTube cresceram 4.900% no Brasil no ano passado, enquanto os serviços de streaming registraram um aumento de 20% no período. Em 2020, muitos artistas usaram essa ferramenta para entreter fãs e até o papa fez uma missa pela internet, mas você sabe como fazer uma live?

Entrevistamos o coordenador da Produtora Antenados, do Instituto Ramacrisna, Emerson de Oliveira Souza, que contou os segredos para se fazer uma transmissão de qualidade. O primeiro passo, segundo ele, é pensar sempre em duas frentes: “É preciso dividir a live entre imagem e som”.

Imagem

De acordo com o coordenador da Antenados, para termos uma boa qualidade de imagem é necessário definir um método de captação, entre as duas opções disponíveis. A alternativa mais simples é usar as câmeras de computadores ou celulares que transmitem a imagem diretamente para a internet. 

No entanto, o formato que garante melhores resultados,  e o que a produtora usa, envolve a utilização de câmeras profissionais, que necessitam de um adaptador para fazer a conversão da imagem para o computador, mas entregam uma qualidade superior.

Som

Em relação ao áudio, é preciso avaliar se vai haver mais de uma pessoa falando no mesmo ambiente e como esse som será transmitido pelos equipamentos. É necessário usar um microfone com uma boa capacidade de captação e se atentar aos ruídos de modo que a sonoridade fique mais ‘limpa’ e mais agradável.

A Antenados usa uma mesa de som que faz toda a equalização com um auxílio de uma placa de captura, para depois transferir o áudio para o computador.

“O grande segredo é gerar imagem e áudio separadamente e usar o computador para unir e transmitir esses dados”.

Uso de celulares

A respeito do uso de smartphones nas transmissões, Emerson é enfático ao dizer que existe uma limitação de qualidade.

O equipamento pode permitir a passagem de ruídos e falhas que incomodam o espectador, no caso do áudio, e  também apresenta problemas em relação à imagem. 

“A câmera pode até ser boa, mas ela tem uma lente grande angular que deixa, por característica, a imagem mais distante. A diferença no processo de gravar com equipamentos adequados transforma tudo. Sai o aspecto do amadorismo e cria um produto profissional”  

Plataformas 

As plataformas de transmissão são o diferencial para os eventos on-line, existem desde opções mais simples até aquelas que dispõem de muitos recursos como suporte para diversas câmeras, geração de créditos e legendas. 

As ferramentas gratuitas ou disponibilizadas pelas próprias redes sociais costumam ter ferramentas mais limitadas. Por isso é recomendado usar um programa de streaming. 

Esses softwares, captam tudo que você quer colocar na live e transmitem para o canal que você escolher, como a inclusão de convidados, textos, fotos, infográficos, apresentações de slides, compartilhamento de telas ou a logo da empresa. Veja algumas opções:

StreamYard

OBS Studio;

Xsplit; 

vMix; 

Wirecast.

Facebook

Lives no Facebook podem durar até quatro horas e são uma boa forma de interagir com o público da sua fanpage. O vídeo da live fica salvo na plataforma. 

Outro fator importante é que o Facebook disponibiliza as métricas de alcance e engajamento da transmissão. 

Instagram

Exibidas na mesma área dos stories, as lives têm duração máxima de uma hora

O salvamento não é automático, por isso, ao final, não se esqueça de salvar a live, caso queira disponibilizá-la para o público. 

YouTube

Aqui não há limite de tempo. Por ser uma plataforma de vídeo, você tem acesso a diversas funcionalidades, como deixar a transmissão agendada

No quesito métricas, ela também é a que tem o maior número de informações sobre a sua transmissão. 

ATENÇÃO: O YouTube não avisa seus seguidores que você está fazendo uma transmissão ao vivo, como fazem o Facebook e o Instagram. Por isso, é importante investir mais na divulgação se for utilizar essa plataforma.

Lives empresariais

As lives corporativas, com apresentação de produtos, conteúdo informativo para o público ou pequenos cursos e palestras têm sido uma ferramenta cada vez mais importante para empresas de todos os setores, mas a maioria não dispõe de equipamentos ou do conhecimento necessário para fazer uma transmissão de qualidade. Falamos sobre a importância desse tipo de investimento neste artigo.

Além de cuidar das aulas on-line do próprio instituto, a Antenados Produtora também oferece o serviço para o mercado e tem atendido diversas empresas interessadas em melhorar a interação com seus clientes. 

Quer dar um toque profissional nas suas transmissões? Entre em contato com Antenados Produtora

compartilhar:

Receba nossas notícias