Notícias

12 de outubro de 2022

Apoio pedagógico

Dia das crianças: conheça as nossas ações para o público infantil

O Instituto Ramacrisna se dedica, há mais de 60 anos, ao acolhimento de pessoas em vulnerabilidade social, com ações voltadas para a infância. No dia das crianças, conheça algumas delas.

Desde 1924, o Brasil comemora o dia das crianças em 12 de outubro. A data é conhecida pelas brincadeiras e pelos presentes e brinquedos, mas é mais do que isso. O dia das crianças busca a reflexão sobre os direitos da criança e a realidade de brasileirinhos e brasileirinhas.

De acordo com um estudo feito pela Fundação Abrinq, o país tem 69,8 milhões de crianças e adolescentes entre zero e 19 anos de idade, o que representa 33% da população total.

Na faixa de 0 a 14 anos, há 9,1 milhões de crianças vivendo em situação domiciliar de extrema pobreza, ou seja, com renda per capita mensal inferior ou igual a um quarto de salário-mínimo. Outras 9,7 milhões de crianças estão em situação de pobreza, o que significa uma renda per capita mensal de mais de um quarto até meio salário mínimo.

Por isso, organizações da sociedade civil são importantes para dar melhores condições para as crianças em vulnerabilidade social. É o caso do Instituto Ramacrisna, que, há mais de 60 anos, promove ações de acolhimento infantil. Neste dia das crianças, conheça alguns de nossos projetos.

Biblioteca Professor Arlindo Corrêa da Silva

A Biblioteca Professor Arlindo Corrêa da Silva possui uma área de 194 m² e abriga um acervo de literatura infantojuvenil e adulta com mais de dez mil livros catalogados. O espaço atende todos os alunos matriculados no Instituto Ramacrisna, funcionários, toda a comunidade e jovens de 13 municípios da região metropolitana de Belo Horizonte.

Além de disponibilizar livros, a biblioteca conta com atividades, como a contação de histórias e apresentações teatrais e musicais. O espaço também abriga a Ludoteca, com jogos de tabuleiro que estimulam diversas habilidades e competências dos leitores, além de proporcionar momentos de socialização e interação entre as crianças.

A biblioteca também realiza o projeto Mala de Leitura. A iniciativa busca incentivar a leitura nas instituições que não possuem nenhum tipo de acervo, como escolas públicas, creches comunitárias e Unidades Básicas de Saúde,por exemplo.

A Mala comporta, aproximadamente, 40 livros e se transforma em uma “estante expositora” quando é aberta, já que a maioria das instituições atendidas também não conta com um espaço adequado para a exposição dos livros. A entrega da Mala é marcada por festa, com uma contação de história , baseada em livros da estante. 

O Centro de Apoio Educacional Ramacrisna (CAER) proporciona para as crianças a participação em diversas oficinas que acontecem em período complementar às aulas ministradas na escola pública. Entre as atividades do CAER estão balé, xadrez, judô, futsal, futebol society, peteca e vôlei.

As crianças recebem incentivo na alfabetização e na educação formal. Para isso, o Ramacrisna utiliza tecnologias como a lousa digital e a mesa alfabetizadora.

Os alunos recebem almoço e lanche todos os dias, inclusive nas férias. Além disso, o Instituto fornece a elas uniforme e material escolar. 

A ideia é não só ampliar o conhecimento de mundo e proporcionar um desenvolvimento saudável, mas também o CAER ajuda a diminuir a evasão escolar e o trabalho infantil. Por isso, as crianças só podem participar das atividades no Ramacrisna se estiverem matriculadas e frequentando a escola pública.

Construindo o Futuro

Realizado com o patrocínio da Petrobras, o projeto Construindo o Futuro atende crianças a partir de três anos. A iniciativa fornece atividades para moradores dos bairros Imbiruçu, Colônia Santa Isabel e Petrovale, vizinhos à REGAP, em Betim. 

Para crianças ainda na primeira infância, de 3 a 5 anos de idade, são desenvolvidas atividades lúdicas e divertidas para promover a integração desses pequenos na escola pública municipal, para quando atingirem a idade de 6 anos.

Uma das ações é a instalação de mala de leitura nas creches, proporcionando a contação de histórias, leitura, recitais de poesias, dramatizações, conto e reconto. Outros brinquedos educativos na área de matemática, geometria e cores, por exemplo, são levados às instituições, enriquecendo a vivência das crianças. 

Já para as crianças maiores, o projeto oferece oficinas esportivas, de dança e culturais, como basquete, futebol de campo, futsal, vôlei, peteca, capoeira, zumba e balé.

FabLab Ramacrisna

O FabLab é um laboratório de inovação criado para estimular a criatividade e o conhecimento por meio da prática, transformando ideias em realidade. A iniciativa tem por objetivo promover a qualificação profissional de jovens e adultos e a inclusão digital de crianças e adolescentes, alunos do ensino fundamental de escolas públicas, através do aprendizado de programação e conhecimentos básico e intermediário em tecnologia. 

Com isso, o Ramacrisna quer levar inclusão, inovação e tecnologia de ponta para além das fronteiras regionais, sociais e econômicas. No espaço, são ministradas aulas, cursos e oficinas, como o Meninas em Rede, focado na inserção de meninas na programação, criação de aplicativos e aulas de robótica.

Já no projeto Xeque Mate, além de oficinas de xadrez,os alunos participam de lições de Robótica Educacional. A atividade ajuda a incentivar o lado criativo, o conhecimento de programação e o raciocínio lógico. Além disso, propicia o trabalho colaborativo, o compartilhamento de dados e a interdisciplinaridade.  

Sobre o Ramacrisna

Há mais de seis décadas, o Instituto Ramacrisna atua na educação de crianças e jovens, oferecendo oportunidades e novas perspectivas de vida.

Nos nossos projetos, buscamos sempre trazer o que há de mais moderno e tecnológico, para fornecer essa experiência para os alunos.  Além disso, atuamos na formação complementar, com atividades esportivas e culturais, lazer, leitura e contação de histórias.

Ao cuidar de crianças em situação de vulnerabilidade social, ajudamos, também, a reduzir os índices de criminalidade da região e mudar o destino de crianças e de famílias inteiras.

Estamos dando mais opções para que elas possam sonhar e responder o que querem ser quando crescer.

Quase 2 milhões de vidas já foram transformadas desde 1959. Seja você também parte dessa corrente do bem. Conheça as formas de ajudar 

compartilhar:

Receba nossas notícias