Notícias

9 de setembro de 2022

Apoio pedagógico|Cursos|Educação / Profissionalização

Por que investir em educação profissional?

A educação profissional dá retorno tanto para quem aprende um novo ofício quanto para empresas e toda a comunidade. Conheça os benefícios.

Educação profissional é o modelo de aprendizagem com foco no desenvolvimento de competências e habilidades técnicas para suprir a demanda do mercado de trabalho. Ou seja, são aqueles cursos profissionalizantes, em que os alunos aprendem um ofício. 

Muitas vezes com menos horas/ aula, os cursos profissionalizantes são vistos com certo preconceito no país. Especialmente porque a educação profissional, por vezes, é tida como um contraponto às graduações e pós-graduações.

Mas não é bem assim. A educação profissional no Brasil é uma das principais apostas para a melhoria da competitividade da economia brasileira. Levando, assim, jovens qualificados para o mercado de trabalho, proporcionando melhor renda para as famílias e maior desempenho para as empresas.

Educação profissional no Brasil

Os dados da pesquisa Mapa do Trabalho Industrial 2019-2023 mostram que o Brasil precisa qualificar 10,5 milhões de trabalhadores nos níveis superior, técnico, qualificação profissional e aperfeiçoamento até o ano que vem. As áreas de maior demanda são metal, mecânica, construção civil, logística e transporte.

Apesar da demanda, ainda faltam interessados em se matricular nos cursos de educação profissional. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), menos de 10% dos estudantes estão matriculados em aulas profissionalizantes. Para se ter uma ideia, na União Europeia, o índice é de mais de 50%. 

Benefícios dos cursos profissionalizantes

A formação profissional pode gerar efeitos na renda. Conforme pesquisa da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, os profissionais que fizeram cursos profissionalizantes tiveram um aumento, em média, de 17,7% na renda, em relação a trabalhadores com o mesmo perfil socioeconômico, que concluíram apenas o ensino médio regular. 

Para as famílias, isso significa maior independência financeira e poder de compra. Isso reflete diretamente nas comunidades, que têm um maior giro econômico. Além disso, têm menor índice de desemprego.

Mas também há um reflexo positivo para as empresas. Elas encontram profissionais com as capacidades necessárias para ocupar cargos. É possível, até, que as empresas ofereçam cursos profissionalizantes sob demanda, de acordo com a região de atuação, as vagas ofertadas e o tipo de conhecimento necessário para a função.

O Ramacrisna é uma organização sem fins lucrativos que há décadas oferece educação profissional gratuita para jovens e adultos. Além dos cursos ofertados de forma independente, o Instituto fornece aulas sob demanda para empresas. 

Cursos profissionalizantes Ramacrisna

Os cursos profissionalizantes tem o objetivo de ofertar gratuitamente, educação profissional de qualidade para jovens e adultos em situação de risco pessoal e social de 13 cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além do aprendizado técnico, os alunos também recebem formação humana e cidadã, promovendo o desenvolvimento de valores éticos e profissionais.

Atualmente, o Ramacrisna oferta cursos de empreendedorismo, robotica, oficina de tecnologia e programação, operador de computador, robótica industrial, modelagem e impressão 3D, elétrica/ fotovoltaica, audiovisual, mecânica de automóveis, soldagem e autocad. 

De acordo com o Relatório de Impacto, realizado em 2018, para cada R$ 1 investido no projeto, há o retorno de R$ 5,59 para a comunidade. A cada ano, são investidos, em média, R$ 249 mil no projeto.  O recurso é necessário para formar, em média, 475 alunos entre 16 e 50 anos todos os anos. 

Entre os alunos que completam os cursos, 51% conseguem um emprego na área de formação. E o valor médio mensal da renda declarada por quem conseguiu um emprego após a capacitação é de R$ 1.853,00. 

Tudo isso faz com que professores, alunos, empresas e parceiros associem o projeto da educação profissional a cinco Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). São eles: 

8 – trabalho decente e crescimento econômico;

4 – educação de qualidade;

5 – igualdade de gênero;

1 – erradicação da pobreza;

16 – paz, justiça e instituições fortes e eficazes;

10 – redução das desigualdades.

Contribua para a educação profissional de jovens e adultos

Para manter a oferta dos cursos profissionalizantes, precisamos do apoio de empresas parceiras. É possível tanto fazer uma doação para a manutenção e expansão do projeto quanto patrocinar a criação de novos cursos. 

Entre em contato conosco e saiba qual a melhor forma de contribuir para a transformação de vidas. 

compartilhar:

Receba nossas notícias