nosso trabalho projetos

Construindo o Futuro


Sobre o Projeto

Em parceria com a Petrobras, o Instituto Ramacrisna realiza o projeto Construindo o Futuro, com duração de dois anos, nos bairros Imbiruçu, Colônia Santa Izabel e Petrovale, vizinhos à REGAP, em Betim-MG.

Serão beneficiadas 3.240 pessoas, diretamente, e 16.200 pessoas, indiretamente, incluindo familiares e participantes dos eventos e torneios. Todas as atividades são totalmente gratuitas.

O objetivo do projeto é promover ações de qualificação profissional, oficinas de promoção integral e formação humana e atividades esportivas, culturais e de conscientização ambiental, voltadas para crianças, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, com idade entre 3 e 40 anos, como forma de inclusão social e de protagonismo da população, contribuindo para um processo socioeducativo transformador do indivíduo e de toda a sociedade, assim como promovendo o desenvolvimento sustentável da comunidade onde estão inseridos.

O público-alvo das ações são crianças, adolescentes e jovens, prioritariamente, os que estejam com defasagem escolar – idade/série. Adultos com pouca ou nenhuma qualificação profissional e baixa escolaridade, também serão beneficiados com cursos profissionalizantes, permitindo-lhes gerar renda e melhorar a qualidade de vida das famílias.

Atividades oferecidas aos participantes do projeto

Atenção à Primeira Infância

Visando atender à importante demanda das comunidades dos três bairros, no que diz respeito às crianças na primeira infância, na faixa de 3 a 5 anos de idade, são desenvolvidas atividades lúdicas e divertidas para promover a integração desses pequenos na escola pública municipal, para quando atingirem a idade de 6 anos.

É instalada uma Mala de Leitura nas creches, favorecendo desenvolver numerosas atividades como contação de histórias, leitura, recitais poesias, dramatizações, conto e reconto (a criança lê, conta a história e o coleguinha reconta, segundo seu entendimento).

Essas atividades ampliam o vocabulário, desenvolvem a sociabilidade, a criatividade e incentivam a leitura. Outros brinquedos educativos na área de matemática, geometria, cores etc. são levados às creches, enriquecendo a educação dos pequenos.

 

Educação para o trabalho

São oferecidos cursos de formação profissional para jovens e adultos, de 16 a 40 anos, nos três bairros contemplados pelo projeto. A escolha dos cursos partiu da demanda dos moradores das comunidades selecionadas. Levou-se em conta cursos que atendessem a jovens dos anos finais da escola fundamental e adultos sem qualificação e pouca escolaridade, que precisam de ocupação para melhorar as condições de vida da família. Serão qualificados, profissionalmente, ao longo dos dois anos, 1.230 jovens e adultos.

 

Formação Humana

Todos os inscritos no projeto participarão de oficinas para desenvolver competências e habilidades e perceberem seu próprio valor. Oficinas lúdicas, interativas, desafiadoras, às vezes, mas envolventes sempre, para apresentar assuntos áridos, mas fundamentais na formação das pessoas, incluídas no tema “Respeito aos direitos humanos e combate à discriminação”. Serão oficinas de: Informática Educacional, Reciclagem e Conscientização Ambiental, Fanzine, Como usar as Redes Sociais, Fotografia e Vídeo pelo Celular, promovendo a troca de ideias e a participação em excursões.

Os temas abordados serão: Equidade de gênero; Igualdade étnico-racial; Promoção da Ética, Integridade e Transparência e Disseminação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Essas oficinas serão direcionadas para todos os participantes das atividades esportivas, culturais e os alunos da capacitação profissional com carga horária de uma hora/aula, totalizando cinco horas/aula por aluno. Participarão dessa atividade 2.936 crianças, adolescentes, jovens e adultos ao longo de dois anos.

 

Vivências esportivas e culturais

No caso do esporte, vamos trabalhar com o método recreativo, que promove maior interação dos participantes e, destes, com o instrutor, pois objetiva a abordagem lúdica das atividades e propicia aos alunos prazer, criatividade, motivação, reduzindo o nível de ansiedade e de estresse, promovendo melhor aprendizado e interesse pelo esporte.

Atividades esportivas: basquete, futebol de campo, futsal, vôlei, peteca, capoeira e zumba.
Atividades culturais: balé, Folia de Reis e congado.

Receba nossas notícias