Notícias

Notícias

Veja como os impostos pagos pela sua empresa podem transformar vidas

Lidar com a burocracia e o alto custo do pagamento de impostos é um desafio para todas as empresas. Esse processo pode se tornar um pouco mais prazeroso e ter um impacto social positivo se tiver o toque especial de uma boa ação como, por exemplo, transformar a sociedade por meio de doações pelo imposto de renda.

A contribuição via Imposto de Renda (IR) é um mecanismo muito importante para as organizações sociais como o Instituto Ramacrisna. Ela permite que empresas destinem parte dos impostos devidos ao Fundo para Infância e Adolescência (FIA).

Sobre o Fundo

Criado por uma lei federal, o FIA reúne recursos para financiar programas e projetos que ajudam a proteger crianças e jovens do trabalho infantil.

Esses recursos também contribuem para o combate a vários outros problemas. São eles: evasão escolar, ameaças à saúde, exploração sexual e negligência ou abandono por parte dos responsáveis. As doações, que chegam pelo imposto de renda, ajudam a prevenir diversos problemas sociais.

As verbas são distribuídas em diferentes níveis de governo (municípios, estados, Distrito Federal e União). Isso acontece de acordo com a deliberação dos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA), formados por representantes do Poder Público e da Sociedade Civil.

Como funcionam as doações pelo imposto de renda para Pessoas Jurídicas

Apenas as empresas que são tributadas pelo regime de Lucro Real podem contribuir para o FIA. O limite é de 1% do imposto devido no mês, no trimestre ou no ano e não é dedutível como despesa operacional na determinação do Lucro Real.

A doação não exclui nem reduz a dedução de outras destinações, tais como o Fundo do Idoso, projetos culturais, obras audiovisuais, projetos aprovados pela Lei do Incentivo ao Esporte, entre outros.

Essa é uma das formas fáceis de contribuir para o futuro de diversas crianças e jovens. A partir da destinação  do imposto, cada empresa pode transformar muitas vidas sem custo algum.

Depois que a doação é feita, é possível indicar para o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente qual instituição ou programa você gostaria de ver beneficiado.

Agora que você já entendeu as possibilidades de contribuição, fique de olho por aqui. No próximo post, vamos ensinar o passo a passo deste processo.

compartilhar:

Receba nossas notícias