Notícias

Sem categoria

Por dentro do Ramacrisna: conheça a história de João Victor Rodrigues

Mais de três mil jovens já passaram pelo programa Adolescente Aprendiz do Ramacrisna. O instituto capacita e encaminha adolescentes de 14 a 18 anos  para o mercado de trabalho, ajudando-os não só na busca por um emprego, mas no desenvolvimento de valores éticos.

Na quarta edição da série Por Dentro do Ramacrisna, vamos contar a história de um desses jovens, que enxergou no programa um mundo de possibilidades. 

João Victor Rodrigues, tem 21 anos, trabalha em uma indústria de sistemas tubulares e está cursando a faculdade de administração. Conheça a história do João e os caminhos que ele percorreu para chegar até aqui.

Veja as outras edições da nossa série:

1 – Por dentro do Ramacrisna: conheça história de Clediane Duarte

2 – Por dentro do Ramacrisna: conheça a história de Geisibel Castro

3 – Por dentro do  Ramacrisna: Conheça a história da família de Efigênia Preciliana

Programa Jovem Aprendiz

João Victor durante o tempo que foi jovem aprendiz no Ramacrisna

O objetivo de João Victor, quando ingressou no programa Adolescente Aprendiz, aos 14 anos, era conseguir uma base para o mercado de trabalho. “A dificuldade é a falta de experiência e eu acreditei que o instituto poderia me ajudar”, conta.

Tudo começou na procura por um emprego, quando ele foi indicado ao programa de aprendizagem por uma empresa parceira do Ramacrisna. 

O jovem, criado pelos avós e pela mãe, que é faxineira, explica que o programa o ajudou muito além da vida profissional. De acordo com o João, foi possível colaborar financeiramente com a família, que precisava de mais uma renda e ir além.

“Eu tenho um carinho especial pela instituição. Gratidão! Só tenho a agradecer pelo que ela faz e representa para nós jovens. Precisamos trilhar o caminho certo e a instituição vai além disso, ela tem um peso muito grande na vida dos jovens que passaram e vão passar por ali”.  

Outros projetos no Ramacrisna

Além do programa Jovem Aprendiz, o Ramacrisna desenvolve diversos projetos que ajudam a formar a personalidade dos adolescentes e a ampliar a visão de mundo que eles têm.  João Victor se recorda como um desses projetos o impactou. 

“Eu fiz em 2014 e o que marcou pra mim, foi uma quebra de tabu. Dei palestras sobre o Outubro Rosa e ajudei a instruir várias pessoas, de meninas a senhoras. São poucas instituições que estimulam essa pauta, ainda mais por meio de meninos”, relembra.

Vida profissional

Nas aulas de administração que teve dentro do do programa Adolescente Aprendiz, João encontrou a base para construir o caminho profissional que trilha há seis anos. 

Ele trabalha em uma indústria de sistemas tubulares de Betim, onde entrou ainda como aprendiz, graças ao networking feito no Ramacrisna. De acordo com João Victor, na empresa, ele teve a oportunidade de passar por vários setores, como almoxarifado e compras. Hoje, como comprador, é o responsável por adquirir todas as  matérias-primas necessárias para a produção. 

O universitário está no segundo ano da faculdade, mas já pensa no que vai fazer após a conclusão do curso. Ele conta que pretende cursar uma pós-graduação ou até mesmo uma nova faculdade, de engenharia de produção. Seu objetivo é construir uma carreira de comprador técnico ou gerente de indústria.

E não para por aí. “Meu sonho é ter uma estabilidade pessoal, ter uma casa, uma família, não repetir as dificuldades que minha família teve e que precisou enfrentar. Quero viajar, conhecer novas culturas”.

A parte melhor dos sonhos é sentir que podemos realizá-los e, por isso, há mais de seis décadas, o Instituto Ramacrisna ajuda a transformar a vida de crianças e jovens. Quer saber mais sobre nossos projetos e como ajudar esses jovens? Entre em contato conosco.

 

compartilhar:

Receba nossas notícias